Alisa e preenche

Pre-Hyaluron

Menos 1 grau no sulco nasolabial*

O ácido hialurónico é um dos principais componentes de uma pele jovem. É um constituinte essencial de uma pele lisa e suave. No entanto, com o avançar da idade a pele pode perder até 70%**.
Innéov Pre-Hyaluron, atua desde o interior, onde se produz o ácido hialurónico.

Formulação precursora do ácido hialurónico***
• A associação de glucosamina, precursor do ácido hialurónico, manganês, ativador da síntese do ácido hialurónico**** e hesperidina proveniente de citrinos.

Resultados Clínicos:
Menos 1 grau no sulco nasolabial*
• Melhora o resultado global do envelhecimento cutâneo*.

*Estudo clínico. Glucosamina contra placebo, 146 mulheres, durante 4 meses.
** Entre os 19 e os 45 anos, Longas 1987.
*** dos laboratórios innéov.
**** Manganês, cofator enzimático na síntese do ácido hialurónico

Mecanismo de Ação

  • Fase 1:

    Fase 1:

    Com a idade, a produção de ácido hialurónico pode diminuir até 70%*. O seu elevado peso molecular e a sua capacidade de absorver água reduzem significativamente, dando lugar à diminuição da elasticidade da pele e ao aparecimento de rugas.

    *Entre os 19 e os 45 anos, Longas 1987. Estudo clínico. Glucosamina contra placebo, 146 mulheres, durante 4 meses.

  • Fase 2:

    Fase 2:

    Innéov Pré-Hyaluron relança a síntese do ácido hialurónico desde o interior da pele através de três ingredientes ativos que compõem a sua fórmula: glucosamina, manganês e hesperidina.

  • Fase 3:

    Fase 3:

    A glucosamina atua como precursor na produção do ácido hialurónico, o manganês é um cofator enzimático que atua como ativador na sua síntese e a hesperidina tem um papel protetor do novo ácido hialurónico formado.

É um ativo indispensável na produção de ácido hialurónico, cujo baixo peso molecular permite um elevado nível de biodisponibilidade (90%-99%) e de absorção (30%). O Pre-Hyaluron contém 200 mg de Glucosamina.

Quando se unem a glucosamina ao ácido glucorónico (proveniente da dieta), o ácido hialurónico pode ser sintetizado por enzimas específicas que devem ser ativadas.
O manganês é um cofator enzimático, ou seja, participa na ativação das referidas enzimas.
O Pre-Hyaluron contém 2 mg de Manganês que corresponde 100% da dose diária recomendada.

Naturalmente presente na casca da Citrus sinensis, a hesperidina protege o ácido hialurónico recém sintetizado de modo a durar mais no organismo.
Especificamente selecionada pela Investigação avançada em nutrição dos Laboratórios innéov, a hesperidina tem 2 patentes registadas e uma concentração de 216 mg em Pre-Hyaluron, ou seja, o equivalente a 13 litros de sumo de toranja.

A opinião do especialista

O conhecimento resultante da investigação dos Laboratórios innéov

Em que tratamentos anti-idade se pode utilizar o ácido hialurónico?

O ácido hialurónico tem vindo a ser utilizado, desde há muito tempo, em procedimentos estéticos como molécula de preenchimento, sobretudo em injeções para alisar e preencher as rugas do rosto. Além disso, é incorporado em tratamentos tópicos como ácido hialurónico fragmentado, em moléculas de tamanho maior ou menor. As moléculas

maiores permanecem na superfície da pele, enquanto as menores conseguem chegar até à derme superficial para ativarem alguns mecanismos de beleza. Para fornecer ácido hialurónico desde o interior, recorremos à nutricosmética, que incorpora esta molécula nas suas fórmulas. Uma proposta que também tem limitações, pois segundo aquilo que foi demonstrado por vários estudos, menos de 10% do ácido hialurónico ingerido é capaz de ultrapassar a barreira intestinal devido ao seu grande tamanho. Portanto, a melhor opção é usar um suplemento nutricional que contenha um precursor do ácido hialurónico, ou seja, um ingrediente que tenha a molécula necessária para a sua síntese.


Scroll down for more